Data: 01/03/2024

Qual celular escolher: Galaxy S23 Ultra ou S24 Ultra?


Aparelhos oferecem configurações similares, mas o modelo mais novo – S24 Ultra – já conta com recursos de inteligência artificial integrados, ainda exclusivos à linha. Qual escolher: Galaxy S23 Ultra ou Galaxy S24 Ultra Jean Silva/g1 Saiu um celular topo de linha novo e preciso trocar de aparelho. Compro essa versão ou economizo um pouco com a lançada no ano passado? Essa dúvida é válida para o modelo mais caro da Samsung em 2024, o Galaxy S24 Ultra, e seu "irmão" mais velho, o Galaxy S23 Ultra, que chegou às lojas em 2023. ✅Clique aqui para seguir o canal do Guia de Compras do g1 no WhatsApp Rastreador ajuda mesmo a encontrar a mala: g1 testou 3 modelos iPhone 'antigo': até qual versão ainda vale a pena comprar? TODOS OS GUIAS DE COMPRAS O Guia de Compras testou e comparou os dois smartphones, que são mais parecidos do que se imagina. O Galaxy S24 Ultra foi emprestado pela Samsung e será devolvido. A comparação com o Galaxy S23 Ultra foi feita usando como base os resultados e as imagens produzidas com o aparelho no teste feito em 2023. Duelo de celulares: Galaxy S24 x iPhone 15 (vídeo) Veja a seguir as principais características técnicas de cada um deles (S23 Ultra e S24 Ultra) e, na sequência, os resultados do teste (desempenho, bateria, câmeras e diferenças) e a conclusão. Galaxy S23 Ultra O Samsung Galaxy S23 Ultra é um celular com configuração topo de linha, com tela grande, bateria que dura o dia inteiro e um ótimo conjunto de câmeras de alta resolução. O aparelho foi lançado em fevereiro de 2023. Seu design segue uma linha iniciada pela Samsung no Galaxy S22 Ultra (veja o teste), com destaque para cantos mais quadrados e o uso da caneta S-Pen, que ajuda a escrever e desenhar na tela. São quatro câmeras e um sensor de profundidade na traseira, incluindo um zoom que chega até 100x de aproximação e 200 megapixels de resolução na lente principal. O celular era vendido no final de fevereiro na faixa dos R$ 6.000 em sua versão com 256 GB de armazenamento interno. Galaxy S24 Ultra O Galaxy S24 Ultra, lançado em janeiro deste ano pela fabricante, representa um incremento em comparação à geração anterior. Segue com tela grande, bateria de longa duração e ótimas câmeras, mas tem – por enquanto – um diferencial: a integração de recursos de inteligência artificial no aparelho. O design é similar ao do Galaxy S23, mas agora a Samsung deixou a tela com as bordas mais quadradas e um acabamento em titânio. Conta ainda com a caneta S-Pen para escrever e desenhar na tela. Também são quatro câmeras e um sensor de profundidade na traseira. A única mudança na câmera na comparação com o S23 Ultra é a maior definição de imagem no zoom óptico. O aparelho custava R$ 10 mil na sua versão com 256 GB de armazenamento. A Samsung também vende modelos com 512 GB (R$ 11.000) e 1 TB (R$ 13.000). Diferenças As câmeras são parecidas, as configurações são muito próximas, mas o que muda mesmo entre o S24 Ultra e o S23 Ultra aparece no sistema Android, com uma grande integração de recursos de inteligência artificial no modelo mais novo. Mas essa diferença deve acabar em breve, já que a Samsung promete para este mês uma atualização de sistema que trará as novidades de IA para a linha Galaxy S23 e outros aparelhos da marca. Entre esses recursos, se destacam o “circular para buscar” e o editor avançado de fotos. O primeiro, ativado com um toque na base da tela, permite fazer buscas no Google circulando palavras ou imagens, com resultados bastante rápidos. Nada que um app do buscador não faria, com a facilidade de apenas rabiscar na tela e ter uma resposta quase imediata. Recurso Circular para Buscar no Galaxy S24 Ultra Reprodução O segundo é integrado ao editor de fotos e complementa alguns recursos que a Samsung já oferecia, como um “apagador de objetos” nas imagens. Esse editor utiliza a IA para gerar “pedaços” de imagens. Basta selecionar o recurso, desenhar em torno do item que será modificado e mover, aumentar ou reduzir ou até excluir o item, como mostra a tela abaixo: Edição de foto com inteligência artificial no Galaxy S24 Ultra Reprodução Veja no vídeo a seguir esses recursos demonstrados no Galaxy S24, que oferece as mesmas funcionalidades de IA que o S24 Ultra: Duelo de celulares: Galaxy S24 x iPhone 15 A câmera do Galaxy S24 Ultra também utiliza recursos de IA – como ajuste automático de contraste nas fotos. Mas isso já estava presente em versões antigas das linhas Galaxy S e A. Desempenho Os aparelhos da Samsung utilizam processadores Snapdragon 8 for Galaxy, da Qualcomm. O S23 Ultra conta com a segunda geração do chip, e o S24 Ultra, a terceira. A diferença de desempenho geral foi pequena entre os dois smartphones. Os testes do Guia de Compras avaliam o uso simulado do aparelho no dia a dia (leia no final como eles são feitos). No geral, não apresentaram lentidão ou travaram. Mas, em alguns recursos, foi possível notar que o telefone estava “pensando" um pouco antes de dar uma resposta. Isso era válido na hora de fotografar na resolução máxima de 200 mp com o Galaxy S23 Ultra, que mostrou uma notificação de que a imagem está sendo salva e demora um pouco. No S24 Ultra, isso não ocorreu. Porém, em ambos, usar a câmera nas configurações mais avançadas causou um aquecimento no aparelho. No Galaxy S24 Ultra, utilizar algumas funções específicas de inteligência artificial – como editar imagens – levou um tempo maior de processamento. Para games e vídeos, o Galaxy S24 Ultra foi mais rápido que seu antecessor nos testes de desempenho gráfico mais avançados. Isso quer dizer que eles vão rodar os jogos mais pesados sem engasgar ou travar. Mas a diferença dos resultados foi bem pequena. Bateria Os aparelhos da Samsung testados conseguem ficar o dia todo longe da tomada, graças à bateria de grande capacidade de 5.000 mAH nos dois modelos. O Galaxy S23 Ultra bateu mais de 15h30 de uso, e o Galaxy S24 Ultra chegou a 19h10 nos testes – o maior tempo de duração estimado entre todos os celulares testados pelo Guia de Compras desde 2021. Vale notar que o padrão de uso da bateria varia de acordo com cada pessoa. E também não significa que o celular vá estar totalmente descarregado após esse tempo. Ambos contam com carregamento rápido de 45W com fio e 15W sem fios. Câmeras Os dois Galaxy Ultra contam com quatro lentes na parte traseira do aparelho, para ir da visão grande angular ao superzoom com facilidade. As configurações são bastante parecidas: em comum, uma câmera principal de 200 megapixels, um zoom de 3x de 10 mp e uma grande angular de 12 megapixels. As diferenças ficam no zoom “periscópio” – no S23 Ultra, é um zoom óptico de 10x com 10 megapixels. No S24 Ultra, ele vira um zoom óptico de “apenas" 5x, mas com resolução maior de 50 mp. A opção de 10x ainda existe, mas é um zoom híbrido, que mistura óptico com digital. Ambos oferecem excelente qualidade de imagem. Mas é bom lembrar que ter uma câmera de 200 megapixels não significa tirar fotos nessa resolução toda. Para otimizar as imagens e não ocupar tanto espaço no celular, a Samsung usa uma tecnologia que agrupa os pontos de luz (pixels) – são 16 que viram um. E, assim, os 200 viram 12,5 mp nos dois modelos testados. o Esses “agrupamentos" ajudam a deixar as imagens com muito mais detalhes e nitidez – as fotos no S24 Ultra parecem ainda mais claras e com foco preciso na comparação com as do S23 Ultra. o O zoom é o grande diferencial desses dois aparelhos. Dá para chegar muito perto com eles. O aplicativo de câmera começa na grande angular (0,6x), passa por 1, 3, 5 e 10x de aproximação. Aqui é o limite do zoom óptico dos aparelhos. Se quiser chegar mais perto, dá para escolher as opções 30 ou 100, que aparecem na base da tela – ou realizar o movimento de pinça com os dedos na tela e aproximar o quanto quiser. Esse é um zoom híbrido, que mistura os recursos da lente periscópio (sensor de 50 mp/5x no S24 Ultra e 10mp/10x no S23 Ultra) com processamento interno do aparelho para chegar mais perto. Veja nos exemplos abaixo, feitos com os dois celulares: i a Mas é bom lembrar que, depois dos 30x, mesmo com uma iluminação muito boa, tanto o S23 quanto o S24 Ultra deixam a imagem com uma qualidade menor. Isso vale também para fotografar a Lua – ambos fazem isso muito bem. Veja nas fotos abaixo: m Na câmera noturna, as diferenças pareceram maiores entre o S23 Ultra e o S24 Ultra, com as imagens do S24 ficando mais claras e com nitidez aprimorada. u A câmera de selfies dos dois celulares oferece 12 megapixels de resolução e tira boas fotos, de dia e à noite. Conclusão Escolher entre os dois aparelhos bastante parecidos deve levar dois fatores em consideração: Preço: o Galaxy S23 Ultra é mais barato e oferece uma melhor relação custo x benefício, sendo vendido por R$ 6.000 nas lojas on-line consultadas no final de fevereiro. O modelo mais novo e caro ficava na faixa dos R$ 10.000 ou mais. Recursos novos: o maior diferencial do Galaxy S24 Ultra é o pacote de recursos de IA, que ajudam a realizar tarefas e criar muitos efeitos nas fotos. Se a urgência de ter essas funcionalidades for maior, o Galaxy S24 Ultra é uma melhor opção. Mas, se der para esperar um pouco, os recursos estarão disponíveis no S23 Ultra (e outros aparelhos das linhas Galaxy S e Galaxy Z) ainda este ano. Como foram feitos os testes Para os testes de desempenho, foram utilizados três aplicativos: PC Mark e 3D Mark, da UL Laboratories, e o GeekBench 6, da Primate Labs. Eles simulam tarefas cotidianas dos smartphones, como processamento de imagens, edição de textos, duração de bateria e navegação na web, entre outros. Esses testes rodam em várias plataformas – como Android, iOS, Windows e MacOS – e permitem comparar o desempenho entre elas, criando um padrão para essa comparação. Para os testes de bateria, as telas dos smartphones foram calibradas para 70% de brilho, para poder rodar o PC Mark. Isso nem sempre é possível, já que nem todos os aparelhos permitem esse ajuste fino. Os testes foram feitos com as telas com taxa de atualização padrão (60 Hz). A bateria foi carregada a 100% e o teste rodou por horas até chegar ao final da carga. Ao atingir 20% ou menos de carga, o teste é interrompido e mostra o quanto aquele smartphone pode ter de duração de bateria, em horas/minutos. Esta reportagem foi produzida com total independência editorial por nosso time de jornalistas e colaboradores especializados. Caso o leitor opte por adquirir algum produto a partir de links disponibilizados, a Globo poderá auferir receita por meio de parcerias comerciais. Esclarecemos que a Globo não possui qualquer controle ou responsabilidade acerca da eventual experiência de compra, mesmo que a partir dos links disponibilizados. Questionamentos ou reclamações em relação ao produto adquirido e/ou processo de compra, pagamento e entrega deverão ser direcionados diretamente ao lojista responsável.  Como é assistir TV nas telas que custam muito caro